A história do tweed na moda e como atualizar o clássico para 2019

Foi com uma forcinha da lendária Coco Chanel que a história do tweed mudou para sempre. Esse tecido, que inicialmente era usado no vestuário apenas no vestuário masculino, virou um ícone clássico no momento em que a estilista lançou seu primeiro casaquinho de tweed para as mulheres, em 1954. Agora, no Inverno 2019, o material aparece com força total e potencial para durar no armário por muitas gerações!

Chanel e a história do tweed na moda

Um mar de tweed na última coleção de Karl Lagerfeld para a Chanel. O tecido está no DNA da maison francesa.

Se você é apaixonada pelo mundo fashion, certamente já se pegou desejando um dos icônicos terninhos de tweed da Chanel. Eles se reinventam através do tempo e agradam muitos estilos diferentes. Entretanto, a história do tweed nem sempre foi assim tão glamourosa.

A princípio, o tecido era feito com fios de lã grossa, originalmente produzido na Escócia, na região de Tweed. Ele era muito usado pelos homens e foi por influência do Duque de Westminster, seu namorado, que Coco Chanel “descobriu” o tecido.

Anúncio vintage da Chanel com os clássicos tailleurs de tweed.

 

Coco Chanel transformou o tecido barato em um dos itens mais desejados da história da moda.

 

A aristocracia britânica costumava utilizar peças em tweed ao ar livre, durante as caçadas e esportes. Na década de 50, ela inovou criando o tailleur feminino em tweed, que devido à praticidade e flexibilidade logo se transformou em um sucesso.

Foi a partir daí que o tweed ganhou cada vez mais importância e hoje é considerado um clássico da moda. Vale a pena aproveitar e investir em peças de qualidade, pois elas duram muito no armário!

 

Como atualizar o tweed para 2019

 

Quando um clássico volta a ganhar status de tendência a versatilidade entra em cena. É hora de revisitar o armário e pensar em novos usos pra peças que acabaram ficando mais cansadinhas ou, então, aproveitar o momento para investir em novas peças de qualidade.

Apesar do aspecto pesado, as peças de tweed são excelentes para a temperatura do nosso inverno e muitas fábricas de tecidos já produzem materiais mais leves, que proporcionam um maior conforto térmico. Por isso acaba sendo tão fácil embarcar nessa tendência, afinal, ela é versátil e facilmente adaptável.

 

Não deixe de conferir: As peças-chave do Inverno 2019 em 5 super tendências

Sabe aquele blazer de tweed bem caretinha? Dá pra deixar ele super moderno combinando com uma saia mais curta. Essa produção fica bem jovem e divertida, ideal para o dia a dia. Além disso, vale explorar ao máximo a versatilidade da peça: use com uma calça de alfaiataria para o escritório e uma minissaia para o happy hour.

Blazer + minissaia = look super despojado!

Para um visual mais elegante, aposte na combinação com peças com pegada alfaiataria.

No entanto, se a ideia for investir em boas aquisições para o armário, fique de olho nas saias e vestidos. Essas peças ganharam força total nas passarelas e já caíram no gosto das musas do street style.

Tanto os comprimentos mini quanto os midi estão em alta, tudo vai depender da sua personalidade e também da ocasião. Por fim, com a febre dos terninhos, é claro que o clássico tailleur estilo Chanel voltou com tudo, um clássico que vale a pena ter!

A mesma peça pode ser elegante ou super despojada, dependendo apenas das composições que você cria para o look.

Os conjuntinhos estão super em alta! No futuro, você pode “desmembrar” e criar inúmeras combinações diferentes.

Quer aprender mais 125 dicas de ouro para dar um UP na sua imagem? Clique aqui e baixe meu e-book gratuito!

Compartilhar esta postagem

Siga-me no Instagram, Facebook e YouTube para não perder nenhuma das novidades que estão chegando!

Dúvidas?

Entre em contato comigo!

JB ACADEMY
R. Professor Brasílio Ovídio da Costa, 923 – Curitiba/PR

Fale comigo!

Copyright 2023 | Juliana Bacellar | Todos os Direitos Reservados

Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudar?